Obstrução nasal: nariz entupido

Saiba mais sobre a obstrução nasal:

O que é a obstrução nasal crônica?

A obstrução nasal é a dificuldade de respirarmos pelo nariz, sem que façamos esforço para isso, o que gera um grande desconforto para os pacientes.  

Uma das funções do nariz é preparar o ar para chegar aos pulmões, isto é, a mucosa nasal filtra, aquece e umidifica o ar. Com o nariz constantemente entupido ou congestionado perdemos essas importantes funções pois temos que respirar pela boca (respiração oral), o que pode gerar diversas consequências negativas para nossa saúde.


A obstrução nasal pode afetar adultos e crianças, ser uni ou bilateral, ser aguda ou crônica e ser constante ou intermitente, a depender da causa do problema.  
 

Quais são as causas da obstrução nasal?

 

Os resfriados, gripes, rinites, sinusites e pólipos nasais são as causas inflamatórias ou infecciosas mais comuns.

Já os desvios de septo nasal, assim como o aumento (hipertrofia) dos cornetos (conchas nasais) e das adenoides (“carne esponjosa”), são as alterações anatômicas mais frequentemente relacionadas com o problema.

Como fazemos o diagnóstico do nariz entupido constantemente?

O mais importante é realizar uma consulta médica com um especialista em otorrinolaringologia. Nessa, além de uma entrevista minuciosa e um exame físico detalhado, será indicada a realização do exame de videonasolaringoscopia. Com esse exame endoscópico das cavidades nasais, conseguimos entender melhor a etiologia do problema. Por vezes, também solicitamos exames de imagem, como a tomografia de seios da face (tomografia  de seios paranasais) para nos auxiliar no diagnóstico.

 

Como é realizado o tratamento da congestão ou obstrução nasal crônica?

O tratamento dependerá da causa do entupimento nasal. Podemos realizar uma abordagem com medicações anti-inflamatórias, descongestionantes e com antibióticos, mas também podemos indicar um procedimento cirúrgico.

As cirurgias de septoplastia (correção do desvio de septo nasal), turbinectomia (redução do tamanho dos cornetos nasais), polipectomia (remoção de pólipos nasais), sinusectomia (tratamento cirúrgico das sinusites) e adenoidectomia (remoção das adenoides) são procedimentos frequentemente indicados para resolver a obstrução nasal crônica.

 

Posso utilizar os  descongestionantes nasais tópicos em gotas, as famosas “gotinhas mágicas”?


Sabemos que em pacientes adultos, é frequente o uso abusivo de descongestionantes nasais tópicos, isto é, dos vasoconstrictores nasais em gotas. Porém, advertimos que o uso abusivo dessas substâncias pode levar a grandes prejuízos para nosso organismo. Além de destruir a mucosa interna do nariz, piorando ainda mais a respiração, pode causar hipertensão arterial e arritmias cardíacas.  As substâncias mais utilizadas com esse fim, de forma errônea, são a nafazolina e a oximetazolina. Caso você já utilize essas medicações, não deixe de procurar um otorrinolaringologista.

 

Evite se automedicar. Caso apresente obstrução nasal crônica, nossa equipe está preparada para atendê-lo da melhor forma possível.

CONTATO:

  • facebook ototone
  • instagram otoone
  • youtube otoone
  • Dr. Bruno Rossini
  • Dra. Renata Curi

Endereço: R. Cubatão, n°86, conj. 1407
Bairro: Paraíso | São Paulo/SP

Fone: (11) 4301-6874 | 2389-7016 | 99949-7016
Email: contato@otovita.com.br