Amigdalectomia e adenoidectomia: Cirurgia das amígdalas e da adenoide

Saiba mais sobre a cirurgia das amígdalas e da adenoide:

Você sabe para que servem as amígdalas e adenoides?

Esses órgãos são responsáveis pelo reforço da imunidade de todo nosso trato aerodigestivo superior. As infecções repetidas (amigdalites e/ou adenoidites) ou a hipertrofia (aumento demasiado) podem comprometer suas funções e prejudicar bastante o paciente

As amígdalas e a adenoides são, também, popularmente conhecidas como “carne esponjosa” e sua remoção é uma das cirurgias mais realizadas no mundo.  

O que é amigdalectomia e adenoidectomia?

Amigdalectomia e adenoidectomia são os nomes dados à remoção cirúrgica das amígdalas (tonsilas palatinas) e das adenoides (tonsilas faríngeas), respectivamente.  

 

Qual o objetivo e quais a indicações destas cirurgias de amigdalectomia e adenoidectomia?

A principal finalidade destes procedimentos cirúrgicos é propiciar uma respiração nasal adequada aos pacientes que, normalmente, sofrem com a hipertrofia de amígdalas e adenoides ou têm adeno amigdalites de repetição.

Quando ocorre a hipertrofia exagerada, com obstrução da via respiratória (gerando roncos e obstrução nasal), obstrução da via digestiva (causando engasgos frequentes e dificuldade de alimentação) ou crises infecciosas muito intensas e/ou repetidas, as indicações cirúrgicas são ditas absolutas.

Já quando ocasionam halitose (mau hálito),  abscessos periamigdalianos, adenoamigdalites, sinusites e/ou otites de repetição, as indicações cirúrgicas são consideradas relativas.

Como são realizados esses procedimentos cirúrgicos?

A amigdalectomia e adenoidectomia são realizadas sob anestesia geral, ou seja, com o paciente dormindo e sem sentir nenhuma dor durante o procedimento, e em hospitais com uma excelente infraestrutura. Normalmente o paciente recebe alta no mesmo dia da cirurgia, necessitando de poucos dias de recuperação em casa.

Como são os cuidados pós operatórios da amigdalectomia com ou sem adenoidectomia?  

Por ser uma cirurgia realizada na garganta, o principal cuidado é com a alimentação. A refeição deve ser feita com calma oferecendo-se pequenas porções para evitar dor e engasgos. Alimentos quentes e duros devem ser evitados nos primeiros dias após a cirurgia.

É necessário também realizar lavagem nasal com solução fisiológica.

Deve-se ter o cuidado de restringir atividades devido ao risco de sangramento. Na primeira semana o esforço físico deve ser mínimo. Esportes, atividades mais intensas e viagens devem ser suspensas por tempo maior.

Nessa página existem dois vídeos explicativos que foram preparados com carinho para você. Recomendamos que os assistam atentamente para entender melhor o procedimento, as indicações e os preparativos envolvidos. 

Ainda com dúvidas? Nossa equipe de médicos otorrinos especialistas está pronta para explicar todos os riscos e benefícios desses procedimentos cirúrgicos de remoção das amígdalas e adenoides. Agende uma consulta e planeje seu tratamento com segurança.  

 

Caso queira receber as nossas orientações pré-operatórias, para ter uma cirurgia mais segura, deixe seu e-mail aqui que  lhe enviamos.

CONTATO:

  • facebook ototone
  • instagram otoone
  • youtube otoone
  • Dr. Bruno Rossini
  • Dra. Renata Curi

Endereço: R. Cubatão, n°86, conj. 1407
Bairro: Paraíso | São Paulo/SP

Fone: (11) 4301-6874 | 2389-7016 | 99949-7016
Email: contato@otovita.com.br