Doença do Refluxo Gastroesofágico e Refluxo Faringo-laríngeo

Saiba mais sobre a DRGE:

O que é a Refluxo Faringo-laríngeo ou Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE)?


A doença do refluxo laringofaríngeo, conhecida também como refluxo gástrico, caracteriza-se pela volta do conteúdo gástrico para o esôfago, garganta e regiões adjacentes. Sendo assim, o conteúdo ácido presente no trato gastrointestinal reflue do estômago para o esôfago (refluxo gastroesofágico), podendo atingir até a garganta, o nariz, os seios da face e os ouvidos. Isso caracteriza o refluxo faringolaríngeo.

 

Quais são os sintomas otorrinolaringológicos da doença do refluxo laringo-faríngeo e doença do refluxo gastroesofágico?

Devido à proximidade do esôfago com via aérea superior, o refluxo gastroesofágico é capaz de gerar muitos sintomas e sinais otorrinolaringológicos. A região acometida pelo refluxo fica “irritada”, devido ao processo inflamatório desencadeado.

Um dos sintomas mais comuns, é o globus faríngeo, isto é a ”sensação de bola parada na garganta”. Além desse, o pigarro cônico e a tosse seca persistente são bastante frequentes em pacientes portadores de doença do refluxo gastro-esofágico. Otites, sinusites, laringites, faringites e mau hálito também podem ocorrer nos pacientes acometidos pelo refluxo faringo-laríngeo.

Como se faz o diagnóstico do refluxo gástrico?

A consulta realizada por um médico especialista em otorrinolaringologia é o passo mais importante. Nessa, realizamos uma entrevista minuciosa, seguida por um exame físico detalhado. Muitas vezes, indicamos o exame endoscópico das vias aero digestivas altas, chamado de videonasofaringolaringoscopia. Com esse exame, conseguimos visualizar os sinais que podem indicar a presença do refluxo gastro-esofágico e indicar o tratamento de forma mais assertiva.

Além disso, podemos solicitar a avaliação de um médico gastroenterologista para nos auxiliar, de forma interdisciplinar, na condução do paciente.


Como é feita a videonasofaringolaringoscopia ou nasofibroscopia?

Conseguimos realizar esse exame no próprio consultório, no hospital ou na casa do paciente. Após a aplicação de um spray anestésico tópico, introduzimos um fibra ótica pelo nariz ou pela boca do paciente e, dessa forma, conseguimos entender melhor quais as causas do problema relatado. Muitas vezes descobrimos sinais de refluxo gástrico e assim conseguimos instituir o tratamento pertinente.


Como é feito o tratamento do refluxo gastro-esofágico ou laringo-faríngeo?
Além de orientações dietéticas específicas e mudanças de hábitos de vida, podemos instituir terapias medicamentosas por algumas semanas de forma a ajudar o organismo a se reequilibrar. Em casos selecionados, pode ser necessário o tratamento cirúrgico do refluxo.

 

Não fique com dúvidas, entre em contato com nossa equipe. Nós estamos a disposição para ajudar com esse incômodo problema do refluxo gastro-esofágico.

 

Agora, se você quer orientações mais detalhadas sobre o tratamento e prevenção do refluxo gastro-esofágico, deixe seu e-mail aqui, que nós enviaremos para você.

CONTATO:

  • facebook ototone
  • instagram otoone
  • youtube otoone
  • Dr. Bruno Rossini
  • Dra. Renata Curi

Endereço: R. Cubatão, n°86, conj. 1407
Bairro: Paraíso | São Paulo/SP

Fone: (11) 4301-6874 | 2389-7016 | 99949-7016
Email: contato@otovita.com.br