Cerume : Rolha de cera no ouvido

Saiba mais sobre o cerume:

Você sabe o que é cerume?

 

O cerume é uma secreção de consistência pastosa, podendo ser mais endurecida em algumas pessoas, e de coloração que varia do amarelo claro ao marrom escuro.  Popularmente conhecida como cera de ouvido, é produzida por glândulas especializadas que se localizam no terço mais externo do conduto auditivo, além de conter descamação de pele da própria orelha externa.

 

Qual a função da cera no ouvido?

Além do cerume formar uma barreira mecânica contra umidade e sujidades, a cera contém substâncias anti sépticas que protegem as orelhas de infecções oportunistas, nos ajudando a evitar as otites externas.

O que é rolha de cerume e quais os sintomas causados por essa obstrução?

Em alguns casos o cerume pode se acumular  de forma exagerada no ouvido externo, formando uma verdadeira rolha. Nestas situações ele pode causar sintomas desagradáveis, como sensação de orelha tampada, diminuição da audição, dor de ouvido, tontura e até tosse persistente.

Quais são os fatores predisponentes à formação de “rolhas de cerume”?

Os fatores predisponentes para tal acúmulo exagerado do cerume incluem o excesso de produção, a tortuosidade excessiva do conduto auditivo (que atrapalha a limpeza natural da cera), o uso de hastes de algodão (os cotonetes empurram a cera em direção à membrana timpânica) e exposição à água do mar ou piscina repetidamente.

 

Qual o tratamento para o cerume impactado ou “rolha de cera”?

 

O tratamento do cerume impactado se constitui na retirada da rolha de cerume com o uso de instrumentos adequados (pinças e curetas), aspiração ou lavagem de ouvido.

 

Existe alguma complicação relacionada a remoção da “rolha de cera”?

Por mais que seja considerado um procedimento simples, deve ser realizado por médico especialista em otorrinolaringologia, diminuindo, assim, os riscos das complicações inerentes, como trauma do conduto auditivo externo ou até perfurações traumáticas de membrana timpânica.

 

O que se pode fazer para prevenir o acúmulo de cera nos ouvidos?

Como prevenção de novo acúmulo de cera nas orelhas, orienta-se evitar o uso de hastes de algodão (cotonetes), dando preferência por secar os ouvidos com a própria toalha enrolada no dedo indicador, logo após o banho. Se o fator predisponente for a produção excessiva de cerúmen ou a tortuosidade e estreitamento do conduto, não há prevenção disponível e em geral o paciente acaba tendo que visitar o médico otorrinolaringologista de tempos em tempos para uma nova lavagem das orelhas.

 

Agora, se você quer orientações mais detalhadas sobre cerume, deixe seu e-mail aqui, que nós enviaremos para você.

CONTATO:

  • facebook ototone
  • instagram otoone
  • youtube otoone
  • Dr. Bruno Rossini
  • Dra. Renata Curi

Endereço: R. Cubatão, n°86, conj. 1407
Bairro: Paraíso | São Paulo/SP

Fone: (11) 4301-6874 | 2389-7016 | 99949-7016
Email: contato@otovita.com.br