Tontura e Vertigem: conheça mais sobre “labirintite”

Saiba mais sobre tontura e vertigem:

O que é labirintite?

Labirintite, apesar de ser o nome técnico referente a uma inflamação ou infecção do labirinto, é o termo popular mais comumente usado para descrever os episódios de tontura vivenciados pelo paciente. A tontura, por sua vez, é a ilusão de movimento percebida pelo corpo. Ela pode tem caráter de flutuação, “ cabeça vazia” desequilíbrio, instabilidade e sensação de desmaio iminente. Quando temos a sensação de rotação, isto é, quando parece que tudo gira à nossa volta, a tontura é chamada de vertigem.

 

Quais são os sintomas associados às crises de vertigem e de tontura?

Muitas vezes, os episódios de tontura e de vertigem vêm acompanhados de desagradáveis sintomas como náuseas, vômitos e sudorese. Quando a crise de “labirintite” é intensa, o paciente pode chegar a cair e se machucar.

Quais são as causas mais comuns relacionadas às crises de tontura e vertigem?


As causas de vertigem e tontura variam dentro de uma extensa gama doenças que vão desde alterações no sistema nervoso central, desequilíbrios metabólicos e doenças de nossos ouvidos e labirinto.

Como causas relacionadas ao sistema nervoso central, podemos citar os derrames e os tumores. As doenças metabólicas comumente associadas são diabetes, colesterol alto, problemas com a tireóide e hipertensão arterial sistêmica (pressão alta). Já como doenças da própria orelha, podemos citar a VPPB (Vertigem Posicional Paroxística Benigna), infecções virais (neurites) e a Doença de Meniere.

Maus hábitos alimentares, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo também estão entre as causas frequentes relacionadas ao desencadeamento das crises de tontura e vertigem.

 

Como é realizado o diagnóstico dos quadros de “labirintite”?

Inicialmente deve ser realizada uma consulta com médico otorrinolaringologista especializado. Nessa, será realizado um interrogatório detalhado sobre os possíveis fatores relacionados aos episódios de vertigem e de tontura. Após isso, é realizado um exame físico minucioso, passando por testes de equilíbrio e coordenação

Ao fim da consulta, são então solicitados exames laboratoriais para completar a elucidação diagnóstica de forma a conseguirmos uma melhor caracterização do quadro da labirintopatia (doença do labirinto). Dentre eles, destacamos o exame otoneurológico (vectonistagmografia computadorizada) que avalia de forma mais objetiva as respostas do labirinto.


 

Como é o tratamento das crises de vertigem e da tontura?

O tratamento proposto irá depender da causa das crises de vestibulopatia (doença do sistema vestibular). Geralmente a abordagem é dividida em tratamento da crise de tontura propriamente dita e tratamento de manutenção, de forma a evitar novos episódios de instabilidade e desequilíbrio. Além de prescrever medicações sedativas do labirinto, fornecemos também orientações importantes para um melhor funcionamento de nosso sistema vestibular. Além disso, quando necessário, indicamos exercícios de reabilitação vestibular que também podem ajudar bastante o paciente portador de vertigens crônicas.

 

Estamos a disposição para ajudar no tratamento e na cura da tontura e das vertigens. Caso precise, conte conosco!

 

 

 

Agora, se você quer orientações mais detalhadas sobre tontura e vertigem, deixe seu e-mail aqui, que nós enviaremos para você.sco!

CONTATO:

  • facebook ototone
  • instagram otoone
  • youtube otoone
  • Dr. Bruno Rossini
  • Dra. Renata Curi

Endereço: R. Cubatão, n°86, conj. 1407
Bairro: Paraíso | São Paulo/SP

Fone: (11) 4301-6874 | 2389-7016 | 99949-7016
Email: contato@otovita.com.br