Zumbido: entenda mais sobre os barulhos no ouvido

Saiba mais sobre zumbido:

O que é zumbido?


O zumbido, também conhecido como tinnitus, é um sintoma que é definido como uma sensação sonora nos ouvidos, ou na cabeça, na ausência de fonte de som externo. O barulho pode ser percebido como um grilo, abelha, apito, motor de carro, cigarra, onda do mar, televisão fora da sintonia, entre outros tipos de ruído. Ele pode ser constante, intermitente, pulsátil e apresentar diversos graus de intensidade. Em geral, temos um aumento da percepção e do incômodo causado pelo zumbido em ambientes mais silenciosos.


O zumbido é um sintoma comum em nossa população?

Sim, o zumbido é um sintoma bastante frequente. Em um recente estudo na cidade de São Paulo, foi demonstrado a presença de zumbido em cerca de 20% da população. Desse percentual, muitos pacientes mostravam um grau de incômodo importante, com prejuízo significativo na sua qualidade de vida. Conforme envelhecemos, aumenta-se a chance de apresentarmos um zumbido mais intenso e incômodo.

Quais são as causas mais comumente relacionadas ao desenvolvimento do zumbido (tinnitus)?

Muitas doenças estão relacionadas com o desenvolvimento do zumbido.

Destacamos os seguintes fatores: perda auditiva secundária ao envelhecimento (presbiacusia), exposição excessiva a ruído (PAIR - Perda Auditiva Induzida por Ruido), doenças crônicas dos ouvidos (otites e Doença de Meniere) e alterações metabólicas e hormonais (diabetes, hipoglicemia, hiper ou hipotireoidismo, aumento do colesterol e hipertensão arterial). Outros fatores como o tabagismo, o etilismo, o abuso de cafeína  e o uso de alguns medicamentos também podem estar relacionados com o desenvolvimento do zumbido. Tinnitus causado por doenças graves, como tumores cerebrais, felizmente são menos frequentes, mas sempre devem ser investigadas pelo médico otorrinolaringologista de sua confiança.

 

Como é realizado o diagnóstico das causas do zumbido?

 

O passo mais importante é realizar uma consulta com seu médico otorrinolaringologista de confiança. Nessa, serão feitas perguntas específicas para a investigação do zumbido, além de um exame físico bastante detalhado. Após isso, podemos solicitar exames complementares como audiometrias, potencial evocado do tronco auditivo, otoemissões acústicas e exames de imagem das orelhas.

 

Qual o tratamento para o paciente com zumbido?

Após aventadas as causas do zumbido, o tratamento deve ser individualizado para cada paciente. Diversos tipos de medicação podem ser utilizadas, sempre associadas às orientações de correção de hábitos alimentares e comportamentais.

A reabilitação auditiva também é uma importante estratégia de combate ao zumbido. Além disso, existem terapias específicas que podem ser aplicadas, a depender do caso apresentado. Ajustando adequadamente todo esse arsenal terapêutico, conseguimos bons resultados com muitos de nossos pacientes.

 

Nossa equipe de médicos otorrinos especialistas está à disposição para atendê-lo.

Conte com nosso apoio para combater esse grande incômodo causado pelo zumbido.

 

Você gostaria de receber valorosas orientações para o combate do zumbido? Deixe seu email AQUI!!!! que nós lhe enviaremos.

CONTATO:

  • facebook ototone
  • instagram otoone
  • youtube otoone
  • Dr. Bruno Rossini
  • Dra. Renata Curi

Endereço: R. Cubatão, n°86, conj. 1407
Bairro: Paraíso | São Paulo/SP

Fone: (11) 4301-6874 | 2389-7016 | 99949-7016
Email: contato@otovita.com.br