top of page

Zumbido Pulsátil:  você escuta batidas frequentes em seu ouvido? 


O zumbido pulsátil é uma condição auditiva caracterizada pela percepção de um som pulsátil, rítmico,  que pode ser síncrono com as batidas do coração ou assíncrono.  Vamos endenter melhor? 


Causas do Zumbido Pulsátil

O zumbido pulsátil pode ser causado por diversas condições subjacentes. Vamos classifica-los como síncronos, isso é, mesmo rítmico cardíaco,  ou assíncronos com o batimento do coração. 


  1. Síncronos ao batimento cardíaco: 

  • Alterações da anatomia vascular na orelha média: deiscências de carótida, alça vasculares, bulbo da jugular alto…

  • Hum venoso: O "hum venoso" é um tipo específico de zumbido pulsátil causado pelo fluxo turbulento de sangue nas veias próximas ao ouvido interno. Esta condição pode resultar na percepção de um som rítmico, muitas vezes sincronizado com os batimentos cardíacos.

  • Hipertensão Arterial: A pressão alta pode aumentar o fluxo sanguíneo nos vasos próximos aos ouvidos, resultando em zumbido pulsátil.

  • Aterosclerose: O acúmulo de placas nas artérias pode restringir o fluxo sanguíneo e causar zumbido.

  • Fístula Arteriovenosa: Conexões anormais entre artérias e veias podem alterar o fluxo sanguíneo e provocar zumbido.

  • Tumores Vasculares: Tumores como o paraganglioma podem pressionar vasos sanguíneos, levando ao zumbido pulsátil.

  • Anemia: Níveis baixos de hemoglobina podem aumentar a percepção do fluxo sanguíneo nos ouvidos.



  1. Causas Não Vasculares:

  • Disfunção da Tuba Auditiva: Problemas na tuba auditiva podem criar uma sensação de pulsação no ouvido.

  • Mioclonia Palatal: Contrações musculares involuntárias na região do palato podem causar sons rítmicos.

  • Síndrome Tônico Clônica do Músculo Tensor do Tímpano: sensação de plenitude e fluter

Diagnóstico do Zumbido Pulsátil

O diagnóstico do zumbido pulsátil requer uma abordagem cuidadosa e detalhada:

  1. História Clínica e Exame Físico:

  • O médico deve coletar informações sobre a duração, intensidade e frequência do zumbido, bem como quaisquer sintomas associados.

  • Um exame físico completo, incluindo a auscultação da região cervical e craniana, pode revelar sons vasculares anormais.

  1. Exames de Imagem:

  • Tomografia Computadorizada (TC): Pode detectar anormalidades ósseas e vasculares.

  • Ressonância Magnética (RM): Útil para visualizar estruturas moles e identificar possíveis tumores ou fístulas.

  • Angiografia: Pode ser necessária para avaliar o fluxo sanguíneo e identificar malformações vasculares.

  1. Exames Auditivos:

  • Audiometria: Avalia a função auditiva e ajuda a descartar outras causas de zumbido.

  • Timpanometria: Avalia a função da tuba auditiva.

Tratamento do Zumbido Pulsátil

O tratamento do zumbido pulsátil depende da causa subjacente:

  1. Controle da Pressão Arterial:

  • Para pacientes com hipertensão, o controle rigoroso da pressão arterial pode reduzir ou eliminar o zumbido.

  1. Intervenções Cirúrgicas:

  • Fístulas Arteriovenosas: Podem necessitar de correção cirúrgica.

  • Tumores Vasculares: A remoção do tumor pode ser necessária.

  1. Tratamento de Doenças Subjacentes:

  • Anemia: O tratamento da anemia pode aliviar os sintomas.

  • Disfunção da Tuba Auditiva: Técnicas como a dilatação com balão podem ser eficazes.

  1. Medicamentos:

  • Em alguns casos, medicamentos que melhoram o fluxo sanguíneo ou reduzem a pressão intracraniana podem ser indicados.

  1. Terapias Auditivas:

  • Aparelhos Auditivos: Podem ajudar a mascarar o zumbido.

  • Terapia de Retreinamento do Zumbido (TRT): Pode ajudar a dessensibilizar os pacientes ao som do zumbido.

Considerações Finais

O zumbido pulsátil pode ser uma condição desconfortável e preocupante para muitos pacientes. No entanto, com uma avaliação cuidadosa e um plano de tratamento personalizado, é possível manejar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente. Se você ou alguém que você conhece está enfrentando sintomas de zumbido pulsátil, conte comigo para uma avaliação detalhada e tratamento adequado.




Conte comigo para ajudar! 

Dr. Bruno Rossini (CRM-SP 115697; RQE:34828)

Clinica Oto One- São Paulo



Commenti


bottom of page