top of page

Conheça os Desafios dos pacientes com Síndrome de Down relacionados a Otorrinolaringologia 


Hoje, 21/03,  é o Dia Mundial da Síndrome de Down, uma data para conscientizar sobre  essa síndrome e os desafios enfrentados por indivíduos com essa condição. A síndrome de Down, também conhecida como trissomia do 21, é um distúrbio genético causado pela presença de um cromossomo extra 21. Esse material genético adicional afeta o desenvolvimento do corpo e do cérebro, podendo resultar em uma variedade de deficiências físicas e intelectuais.


Indivíduos com síndrome de Down são mais propensos a certos problemas de saúde, incluindo aqueles relacionados aos ouvidos, nariz e garganta. Condições otorrinolaringológicas, como perda auditiva, infecções de ouvido (otite média) e problemas sinusais, são comuns entre pessoas com síndrome de Down. Essas condições podem ter um impacto significativo em sua qualidade de vida e exigem cuidados especializados. 


Uma das questões otorrinolaringológicas mais comuns em pessoas com síndrome de Down é a perda auditiva. Isso pode ser devido a uma variedade de fatores, incluindo anormalidades na estrutura do ouvido, infecções frequentes no ouvido e disfunção da tuba auditiva. A detecção precoce e o manejo da perda auditiva são cruciais para prevenir complicações e apoiar o desenvolvimento da linguagem em crianças com a trissomia do 21.


Outra questão frequente é a apneia obstrutiva do sono (AOS), uma condição caracterizada por pausas na respiração durante o sono devido à obstrução das vias aéreas. Crianças com síndrome de Down têm um risco maior de desenvolver AOS devido a fatores como amígdalas e adenoides aumentadas, vias aéreas estreitas e baixo tônus muscular. A AOS pode levar a problemas de sono, sonolência diurna e consequências de saúde a longo prazo se não tratada.





Além da perda auditiva e da AOS, pessoas com síndrome de Down também podem apresentar outros problemas otorrinolaringológicos, como sinusite crônica, obstrução nasal e dificuldades na fala e deglutição. Esses problemas podem afetar significativamente sua qualidade de vida e podem exigir uma abordagem multidisciplinar envolvendo otorrinolaringologistas, fonoaudiólogos e outros profissionais de saúde.


Ao marcar o Dia Internacional da Síndrome de Down, ajudamos a reconhecer os desafios únicos enfrentados pelas pessoas acometidas, incluindo o maior risco de problemas otorrinolaringológicos. Ao aumentar a conscientização e garantir acesso a cuidados especializados, podemos ajudar a melhorar a saúde e o bem-estar desses pacientes e ajuda-los a alcançar seu pleno potencial.


Conte comigo para ajudar:




Dr. Bruno Rossini (CRM-SP 115697; RQE:34828)

Clinica Oto One- São Paulo

コメント


bottom of page