top of page

Nariz... do que adianta ter se ele não funciona???

O papel dos cornetos nasais na obstrução



Obstrução nasal: o papel dos cornetos nasais


A hipertrofia dos cornetos nasais, também conhecidos como conchas nasais, desempenha um papel significativo na obstrução nasal crônica, uma condição que afeta a qualidade de vida de muitas pessoas. Os cornetos nasais são estruturas em forma de concha localizadas dentro do nariz e têm a importante função de umidificar, filtrar e aquecer o ar que respiramos. No entanto, quando essas estruturas se tornam excessivamente grandes devido a condições como alergias, infecções crônicas ou irritantes ambientais, elas podem causar obstrução nasal.


A obstrução nasal crônica causada pela hipertrofia dos cornetos pode resultar em uma série de sintomas desconfortáveis, como dificuldade para respirar pelo nariz, respiração pela boca, ronco durante o sono, alterações no olfato e sensação de nariz entupido. Esses sintomas podem impactar negativamente a qualidade de vida do indivíduo, afetando seu sono, capacidade de se exercitar e até mesmo sua saúde mental.





Um médico otorrinolaringologista que está avaliando um paciente com obstrução nasal pode fazer uma série de perguntas para entender melhor a condição do paciente e determinar o melhor plano de tratamento. Aqui estão algumas perguntas que fazemos: 


  • Há quanto tempo você está com obstrução nasal?

  • Você consegue identificar algum fator desencadeante, como alergias ou mudanças sazonais?

  • Você tem algum outro sintoma junto com a obstrução nasal, como dor facial, pressão nos seios da face ou dor de cabeça?

  • Você já tentou algum tratamento para a obstrução nasal, como sprays nasais ou medicamentos orais? Se sim, eles foram eficazes?

  • Você tem histórico de lesões no nariz, como fraturas ou traumas? 

  • Você sofre de outras condições médicas, como alergias ou sinusite?

  • Você fuma ou está exposto a fumaça de cigarro frequentemente?

  • Você tem problemas de saúde, como apneia do sono, que podem estar relacionados à obstrução nasal?

  • Como a obstrução nasal está afetando sua qualidade de vida, incluindo seu sono, respiração e capacidade de se exercitar?

Além de uma história detalhada, baseada nas perguntas acima, diagnóstico da hipertrofia dos cornetos e sua contribuição para a obstrução nasal crônica geralmente é feito por um otorrinolaringologista, por meio de exame físico do nariz e, em alguns casos, exames de imagem, como tomografia computadorizada. O tratamento da obstrução nasal crônica causada pela hipertrofia dos cornetos pode envolver uma abordagem conservadora, como o uso de sprays nasais esteroides ou antialérgicos, ou procedimentos cirúrgicos, como a turbinectomia, que é a remoção parcial ou total dos cornetos aumentados. Também podemos realizar a cauterização dos cornetos, ou conchas, com o intuito de reduzir suas dimensões. Para fazer isso, podemos utilizar instrumentos como laser, cautério elétrico, radiofrequência e plasmas. 


É importante ressaltar que o tratamento da obstrução nasal crônica deve ser individualizado, levando em consideração a gravidade dos sintomas, a causa subjacente da hipertrofia dos cornetos e a resposta do paciente ao tratamento. Portanto, é essencial consultar um especialista para avaliação e orientação adequadas, visando melhorar a qualidade de vida e a saúde respiratória do paciente.


Conte comigo para ajudar 




Dr. Bruno Rossini (CRM-SP 115697; RQE:34828)

Clinica Oto One- São Paulo





Comments


bottom of page