Enxaqueca ou Cefaléia Rinogênica: a dor de cabeça que vem do nariz!

Atualizado: Jul 2

Você sabia que muitas dores de cabeça recorrentes, por vezes confundidas com enxaquecas, são na verdade de origem nasal?


É isso mesmo. Não é incomum acompanharmos pacientes em nosso consultório tratando enxaqueca há vários anos, com uso de medicações controladas e, inclusive, com efeitos colaterais. O que me chama a atenção e me motivou a escrever esse texto é que depois de colher a história e realizar o exame físico, com endoscopia das fossas nasais, por vezes, percebo que a origem da dor de cabeça é do nariz. Por exemplo, um grande desvio de septo impactando o corneto médio nasal é uma causa bastante comum de cefaléia prevalente.







Mas porque é isso ocorre? A cavidade nasal é abundantemente inervada e quando duas superfícies mucosas se tocam e se pressionam por muito tempo, podem gerar um estímulo doloroso recorrente que, por vezes, pode ser reconhecido erroneamente, como uma enxaqueca de origem neurológica. Nesses casos, é importante um trabalho em conjunto do neurologista com o otorrino, buscando a melhor solução para a dor do paciente.


Já tive pacientes que tomavam remédios para enxaqueca por muitos anos e que, após serem submetidos a cirurgia de correção de desvio de septo nasal, nunca mais tiveram dor de cabeça. Inclusive algumas pessoas que não se queixavam de obstrução nasal mas, surpreendentemente, ao exame otorrinolaringológico, mostravam, sim, um grande desvio septal que também era responsável pela dor crônica.


Veja na figura abaixo o desvio de septo acentuado mostrado pela seta amarela. Nesse caso, a paciente foi operada e sua cefaleia desapareceu após a cirurgia. Ficamos muito satisfeitos com o resultado!



Nunca podemos garantir que a queixa migranosa, isso é, de enxaqueca, é devido a uma origem nasal, mas temos que sempre pensar nessa possibilidade em pacientes com alterações nasais.


Além disso, temos que lembrar que não só os desvios de septo, mas também as sinusites são muito comuns em toda nossa população e esses problemas são causas tratáveis de dores de cabeça, evitando o uso desnecessário de medicações neurológicas.


Na dúvida, caso você sofra de dor de cabeça frequente, enxaqueca sem causa determinada ou cefaleia recorrente, não deixe de procurar avaliação de um médico otorrinolaringologista. Podemos ajudar a melhorar enormemente sua qualidade de vida.



Dr. Bruno Rossini CRM- SP 115697

Médico Otorrino

Clinica Oto One

www.otoone.com.br








203 visualizações0 comentário