top of page

9 Dicas Essenciais para Tratamento e Prevenção do Mau Hálito, a Halitose

Atualizado: 14 de mai. de 2023

O mau hálito, também conhecido como halitose, é um problema comum que afeta muitas pessoas em todo o mundo. A halitose pode ser causada por várias razões, desde uma higiene oral inadequada até problemas de saúde subjacentes. Neste artigo, discutiremos nove dicas essenciais para tratar e prevenir o mau hálito.

Você sabia que o médico otorrino tem um grande arsenal que pode ajudar com esse problema? Veja nossas dicas e se precisar, agende uma consulta.


1. Higiene Oral Adequada

A higiene oral adequada é essencial para prevenir o mau hálito. Isso inclui escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia e usar o fio dental diariamente. Ao escovar os dentes, certifique-se de escovar a língua e as gengivas também. A língua é um local comum onde as bactérias se acumulam e causam mau hálito.


2. Mantenha-se Hidratado

Beber água regularmente ajuda a manter a boca úmida e reduzir o mau hálito. A falta de saliva na boca pode contribuir para a halitose, pois a saliva ajuda a neutralizar os ácidos produzidos pelas bactérias na boca.


3. Evite Alimentos que Causam Mau Hálito

Alguns alimentos, como cebola e alho, podem causar mau hálito. Além disso, alimentos açucarados e com alto teor de amido podem alimentar as bactérias na boca e contribuir para o mau hálito. Tente evitar esses alimentos ou consumi-los com moderação.


4. Use Enxaguante Bucal

O uso regular de enxaguante bucal pode ajudar a reduzir o mau hálito. Escolha um enxaguante bucal sem álcool para evitar ressecar a boca. Além disso, o enxaguante bucal pode ajudar a matar as bactérias que causam mau hálito.




5. Visite o Médico Otorrino e o Dentista Regularmente

Visitar o dentista regularmente é importante para manter a saúde bucal em geral. O dentista pode identificar e tratar problemas dentários que podem causar mau hálito, como cáries e doença periodontal. Já o médico otorrino pode ajudar a tratar sinusites, rinite, refluxo gástrico e amigdalites crônicas, frequentemente relacionadas com a halitose.


Você já ouviu falar em caseuns amigdalianos?

Caseuns são pequenas bolinhas brancas, parecendo um grão de arroz amassado, que ficam retidas nos buracos das amígdalas. Eles são produzidos por restos alimentares, descamação da mucosa e crescimento bacteriano. Costumam exalar um forte odor fétido e são uma das principais causas de mau hálito na população. O tratamento, além de realizarmos gargarejo, se dá com a remoção das amígdalas doentes. Conte com seu médico otorrino para ajudar.


6. Pare de Fumar

O fumo é um hábito comum que pode causar mau hálito. Além disso, o fumo pode prejudicar a saúde bucal em geral e aumentar o risco de problemas dentários, como cáries e doença periodontal.


7. Use Chiclete sem Açúcar

O uso de chiclete sem açúcar pode ajudar a reduzir o mau hálito. O chiclete sem açúcar estimula a produção de saliva na boca, o que pode ajudar a neutralizar os ácidos produzidos pelas bactérias na boca.


8. Evite o Estresse

O estresse pode contribuir para o mau hálito, pois pode afetar a produção de saliva na boca. Tente reduzir o estresse por meio de técnicas de relaxamento, como meditação ou ioga.


9. Trate Problemas de Saúde Subjacentes

Algumas condições médicas subjacentes, como doenças respiratórias e diabetes, podem contribuir para o mau hálito. É importante tratar esses problemas de saúde para ajudar a reduzir a halitose. Se você suspeita que uma condição médica subjacente está contribuindo para o seu mau hálito, consulte o seu médico.

Conclusão

O mau hálito pode ser constrangedor e afetar a autoestima. Felizmente, existem várias medidas que você pode tomar para prevenir e tratar a halitose. Mantenha uma boa higiene oral, beba água regularmente, evite alimentos que causam mau hálito e visite o dentista e o otorrino regularmente. Além disso, trate problemas de saúde subjacentes e evite o estresse. Com essas dicas simples, você pode manter sua boca saudável e fresca.

FAQs

  • Qual é a causa mais comum de mau hálito?

A causa mais comum de mau hálito é a má higiene oral. Escovar os dentes e usar fio dental regularmente pode ajudar a prevenir a halitose.

  • O que devo fazer se minha higiene oral não estiver melhorando meu mau hálito?

Se sua higiene oral não estiver melhorando seu mau hálito, é importante consultar o seu médico otorrino para identificar e tratar problemas subjacentes.

  • Como posso reduzir o mau hálito causado pelo estresse?

Reduzir o estresse por meio de técnicas de relaxamento, como meditação ou ioga, pode ajudar a reduzir o mau hálito causado pelo estresse.

  • Existem alimentos que podem ajudar a prevenir o mau hálito?

Alguns alimentos, como maçãs e cenouras, podem ajudar a prevenir o mau hálito. Esses alimentos ajudam a estimular a produção de saliva na boca, o que pode ajudar a neutralizar os ácidos produzidos pelas bactérias.



Responsável técnico: Dr. Bruno Rossini (CRM-SP 115697; RQE:34828)

Clinica Oto One- São Paulo



1.307 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page