top of page

Conheça o mal relacionado ao uso de vasoconstritores tópicos nasais (oximetazolina e nafazolina)

A rinite medicamentosa é uma condição comum que afeta muitas pessoas que usam vasoconstritores tópicos nasais de forma prolongada, como oximetazolina e nafazolina. Nomes comerciais bastante conhecidos são: Afrin, Aturgyl e Neosoro. Esses medicamentos, por vezes conhecidos como gotinhas mágicas, são frequentemente utilizados para aliviar a congestão nasal, mas seu uso excessivo pode levar a uma série de problemas, como arritmia, piora de hipertensão arterial, dependência e rinite crônica. Neste artigo, discutiremos os sintomas, diagnóstico e tratamento da rinite medicamentosa

O que é a rinite medicamentosa?

A rinite medicamentosa é uma inflamação da mucosa nasal associada ao uso prolongado e excessivo de vasoconstritores tópicos nasais. Depois do problema instalado, o rápido alívio causado pela medicação, se torna em uma congestão insuportável, fazendo com que o paciente use novamente, tornando-se um ciclo vicioso. Isso é conhecido como efeito rebote da medicação.

Sintomas da rinite medicamentosa

Os sintomas da rinite medicamentosa podem ser semelhantes aos da rinite alérgica, como congestão nasal, coriza, coceira e espirros. A rinite medicamentosa também pode causar dor de cabeça, sangramento nasal e irritação na garganta.


Diagnóstico da rinite medicamentosa

O diagnóstico da rinite medicamentosa é baseado nos sintomas do paciente e no histórico de uso de medicamentos vasoconstritores. Um exame físico também pode ser realizado para verificar a presença de irritação na mucosa nasal. Em alguns casos, um teste de alergia pode ser realizado para descartar outras condições. Sempre realizamos a nasofibrolaringoscopia, importante exame endoscópico do nariz e da garganta, para viabilizarmos todas as estruturas importantes. A depender do caso, também solicitamos a tomografia dos seios da face.

Tratamento da rinite medicamentosa

O tratamento da rinite medicamentosa começa com a interrupção do uso dos medicamentos vasoconstritores tópicos nasais. No entanto, a interrupção pode levar a uma piora temporária dos sintomas, uma situação difícil para o paciente. Muitas vezes recomendamos o uso de corticoides nasais, lavagem nasal com solução salina e o uso de medicamentos anti-histamínicos e descongestionantes por boca. Em casos mais graves, pode ser necessário o uso de esteróides orais ou até cirurgias.

Fatores de risco

Os fatores de risco para o desenvolvimento da rinite medicamentosa incluem o uso frequente e prolongado de medicamentos vasoconstritores nasais, bem como o uso incorreto desses medicamentos. Além disso, outras causas de obstrução nasal crônica como desvios de septo nasal e sinusite crônica, podem favorecer o uso abusivo da nafazolina e oximetazolina.

Como usar medicamentos vasoconstritores nasais corretamente

Para usar medicamentos vasoconstritores nasais corretamente, é importante seguir as instruções do médico e ler cuidadosamente a bula do medicamento. Geralmente, esses medicamentos devem ser usados ​​por um período máximo de três dias e não devem ser usados ​​mais de duas a três vezes por dia.

Conclusão

A rinite medicamentosa é uma condição comum que pode afetar pessoas que usam medicamentos vasoconstritores nasais por um período prolongado. Os sintomas incluem congestão nasal, coriza e coceira, e o diagnóstico é baseado nos sintomas do paciente, exames complementares e no histórico de uso de medicamentos. O tratamento envolve a interrupção do uso de medicamentos vasoconstritores e o uso de outras opções de tratamento, como corticoides nasais e lavagem nasal com solução salina. A prevenção envolve o uso correto de medicamentos e a evitar a exposição a irritantes nasais.

FAQs


Qual é a causa da rinite medicamentosa?

A rinite medicamentosa é causada pelo uso prolongado de medicamentos vasoconstritores nasais.


Quais são os sintomas da rinite medicamentosa?

Os sintomas da rinite medicamentosa incluem congestão nasal, coriza, coceira e espirros.


Como é feito o diagnóstico da rinite medicamentosa?

O diagnóstico da rinite medicamentosa é baseado nos sintomas do paciente e no histórico de uso de medicamentos vasoconstritores. Um exame físico e endoscópico nasal também pode ser realizado.


Como a rinite medicamentosa é tratada?

O tratamento da rinite medicamentosa envolve a interrupção do uso de medicamentos vasoconstritores e o uso de outras opções de tratamento, como corticoides nasais e lavagem nasal com solução salina.


A rinite medicamentosa pode ser prevenida?

Sim, a melhor forma de prevenir a rinite medicamentosa é limitar o uso de medicamentos vasoconstritores nasais e seguir as instruções de uso corretamente. Além disso, é importante evitar a exposição a irritantes nasais, como poluição do ar, poeira e fumaça.


Por quanto tempo posso usar medicamentos vasoconstritores nasais?

Geralmente, medicamentos vasoconstritores nasais devem ser usados ​​por um período máximo de três dias e não devem ser usados ​​mais de duas a três vezes por dia.


A rinite medicamentosa pode ser curada?

Sim, a rinite medicamentosa pode ser curada, mas isso requer a interrupção do uso de medicamentos vasoconstritores e o uso de outras opções de tratamento para aliviar os sintomas. É importante seguir as instruções do médico e evitar a exposição a irritantes nasais para prevenir uma recorrência da condição.


Estamos preparados para esclarecer todas as suas dúvidas. Conte conosco para ajudar.

Responsável técnico: Dr. Bruno Rossini (CRM-SP 115697; RQE:34828)

Clinica Oto One- São Paulo


2.550 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarii


bottom of page